Hoje: Ato Nacional Unificado – Protestar não é crime

É cada vez mais evidente o caráter fascista do Estado. O Ministério Público entrou com recurso para voltar a prender militantes. A prisão de manifestantes, a revista em protestos, o policiamento em número muito maior que o de manifestantes, as demissões e processos contar grevistas são exemplos de meios utilizados pelo estado para nos dissuadir da nossa justa luta, exatamente pela força que sabem que possuímos. A partir do momento em que são atacados por decisões judiciais as greves e as lutas populares, a continuidade do movimento é considerada contrária à lei e sujeita a sanções. Ou seja, é considerado um infrator quem reivindica seus direitos. É necessário parar esse processo fascista de criminalização da luta política dos movimwntos sociais que querem construir outra organização social, outra sociedade; que querem o fim da opressão. Não adianta nos reprimir.

Mais do que uma necessidade, é um dever de todxs defenderem a liberdade imediata de todxs xs presxs políticxs e extinção dos processos. Lutar por sua liberdade é defender o direito de livre manifestação e expressão e o direito do povo de lutar por seus direitos.

Ato Nacional Unificado, hoje, 30/07, quarta-feira, às 17h na Cinelândia.
Página do evento no Facebook: http://www.facebook.com/events/438381769636019/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s