Materiais para campanha Liberdade para Rafael Braga Vieira

Evento no Feicebuque:

Ato dia 23/09/14 — https://www.facebook.com/events/1479604708964042/?fref=ts

Texto extraído da página do evento:
Quando fomos informados pela defesa de Rafael Braga sobre a iminência do julgamento dos EMBARGOS DE DECLARAÇÃO ainda em Setembro DECIDIMOS ALTERAR A DATA DO PROTESTO PARA O DIA 23/09, quando provavelmente ocorreria o novo julgamento.
No entanto, o desembargador que julgaria o caso entrou de férias e o julgamento foi mais uma vez adiado.
Ainda assim iremos manter o ato para o próximo dia 23.
EMBARGOS DE DECLARAÇÃO é um recurso de importante instância visando a admissão dos Recursos Especiais e Extraordinários que serão interpostos para o STJ e STF, respectivamente, pedindo a reparação da injustiça cometida pelos tiranos do Rio de Janeiro.

*** ATENÇÃO PARA A PROGRAMAÇÃO DO ATO***

15 Hrs: PANFLETAGEM E OFICINA DE CARTAZES EM FRENTE O TJ. (Pedimos a todos que possam chegar cedo, venham ajudar na elaboração dos cartazes.)

17 Hrs: INICIO DA CONCENTRAÇÃO EM FRENTE AO TJ.

18Hrs: SAÍDA DA MARCHA.

Pela Liberdade de Rafael Braga Vieira (e incontáveis outros injustiçados)

A liberdade é das coisas mais preciosas que temos. É a liberdade que permite que vivamos de acordo com o que acreditamos, quem nos significamos como indivíduos, que construamos nossas utopias, que nossos sonhos e ideais se reflitam no mundo.

Imoralmente, na nossa sociedade, uns têm mais liberdade que outros. Uns a têm irrestrita sem merecer e outros são privados dela, mesmo merecendo. Rafael Braga Vieira é uma das maiores provas disso.

Rafael foi preso em 20 de junho de 2013 na Av. Presidente Vargas. No dia, acontecia a maior mobilização popular que o país já tinha visto, mais de Um milhão de pessoas protestavam no centro do Rio de Janeiro. A repressão da polícia foi impiedosa e inconsequente, como centenas de milhares de pessoas puderam experimentar. A repressão não haveria de ser mais amena com um catador de lixo, negro.

Detido portando uma garrafa de água sanitária e outra de pinho sol, que usava para higienizar o local onde dormia na rua, Rafael está preso há mais de 14 meses. A alegação: Os produtos de limpeza poderiam ser usados como um coquetel molotov.

Laudos técnicos do esquadrão anti-bombas da polícia certificam: As garrafas teriam “ínfima possibilidade de funcionar como ‘coquetel molotov'”: http://goo.gl/0vUz1a

A despeito disso, em julgamentos políticos, Rafael foi condenado em duas instâncias em dezembro do ano passado ( http://goo.gl/eht6GU ). Restam agora os recursos no STJ e STF.

A prisão de Rafael não pode ser entendida como um acidente. Tem marco político por ter acontecido numa grande manifestação política da população. Carrega estigma racial, fundamento e fortalecimento preconceituosos. Aprofunda o desprezo aos economicamente desprovidos.

A prisão atende perfeitamente aos interesses de criminalizar, ameaçar e calar pessoas conscientes e engajadas politicamente, uma raça fortemente discriminada, que luta por direitos e uma classe social explorada. Em um jogo político, se busca privar de liberdades todos que lutam pelas liberdades.

Rafael Braga Vieira é um dos incontáveis ativistas, negros, índios, pobres e miseráveis que são presos, humilhados e/ou mortos para sustentar uma repugnante estrutura de poder simbólico. O combate por sua causa diz respeito a todas as causas. A perda de sua liberdade diz respeito a todos os direitos. Os sonhos que ele perde são todos os sonhos.

Liberdade!

“A injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça em todo lugar. Nós estamos presos em uma malha inescapável de mutualidade, amarrada em uma única peça do destino. O que quer que afete alguém diretamente, afeta a todos”. – Martin Luther King Jr.

——————————————–

Materiais divulgados pelo coletivo “Liberdade para Caio, Fábio e Rafael”

adesivo Rafael Braga II

cartaz_2_Rafael

panfleto Rafael Ato dia 23

rafael2

rafael3

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s